Artigo de Opinião: “A Gestão de Inovação de uma PME” (Revista SPOT)

A Gestão de Inovação de uma PME

Por Bruno Silva

Com o ritmo de mudança cada vez mais acelerado é importante que uma PME – Pequena e Média Empresa faça uma correcta gestão da inovação de forma a monitorizar constantemente a evolução do mercado e da concorrência, e também as tendências de mercado de forma a conseguir desenvolver propostas únicas de valor, que acrescentem benefícios para os clientes e que apresentem vantagens face à concorrência. 

Para que uma PME também seja competitiva é importante que exista igualmente uma adequada Gestão da Marca, e ainda existem PME’s de relevo que são mais conhecidas pela firma e não por uma marca, que deve ser criada, desenvolvida e registada no INPI – Instituto Nacional de Propriedade Intelectual, de forma a proteger a designação e o logótipo de utilizações indevidas por parte de outras entidades.

É importante que depois a comunicação e a colocação dos produtos ou serviços no mercado aconteçam e que os mesmos sejam adoptados, na medida em que se um produto ou serviço que um empresário ou empreendedor julgue ser inovador não for adoptado pelo mercado, então não estamos a falar de inovação, sendo importante para isso a Economia Digital, a Gestão Comercial e a Internacionalização.

Ao nível da abordagem ao mercado a Economia Digital ou o Marketing Digital são cada vez mais importantes, já que a internet é neste momento o canal principal de comunicação e de acesso à informação tendo superado os meios tradicionais, e ainda existem muitas empresas que nem sequer têm um site institucional adequado e moderno. 

A correcta Gestão Comercial, com uma boa gestão do Funil de Venda é essencial, de forma a gerir correctamente a fase de prospecção de Contactos ou de “leads”, bem como a fase de negociação de Propostas, e por fim o fecho das Vendas.

Nem todas as empresas vendem para o mercado externo, no entanto sem uma estratégia de exportação ou de internacionalização, além da gestão da inovação, é cada vez mais difícil a fase do financiamento e de acesso a fundos comunitários por parte das empresas, seja do Portugal 2020, do PRR – Plano de Recuperação e Resiliência (“Bazuka”), ou do Portugal 2030.

Ao longo de mais de 100 intervenções em PME´s ao longo dos últimos 14 anos, foi possível constatar que estas 7 etapas (Estudo de mercado / Concorrência / Tendências, Proposta Única de Valor, Gestão da Marca, Economia Digital ou Marketing Digital, Gestão Comercial, Internacionalização, Financiamento), são fundamentais para a competitividade das empresas, e todos nós desejamos empresas com cada vez maior futuro.

Bruno Silva

—> Perfil de Bruno Silva no Facebook
—> Perfil de Bruno Silva no LinkedIn

# Coach, Consultor, Formador e E-Formador, desde 2009, em projectos financiados e não financiados como é o caso de projectos conjuntos formação – acção (AEP, IAPMEI, CAP, AIP, CTP, CCP), projectos individuais SI Qualificação / Inovação / Internacionalização (QREN e P2020),  Empreendedorismo no Feminino (CIG), Cursos de Especialização Tecnológica, Formações Modulares e de Vida Activa, entre outro tipo de projectos, na InnovMark, colaborando em parceria com Instituições de Ensino Superior, Associações Empresariais e de Desenvolvimento Regional, Entidades de Consultoria e de Formação Profissional DGERT.

# Speaker / Orador, desde 2009, com mais de 100 presenças nos principais Congressos, Seminários, Workshops e Conferências nacionais e Feiras de Negócios nas áreas da Inovação, Marketing e Empreendedorismo.

# Fundador e Responsável de Marketing (Community Manager), desde 2006, do Portal Inovação & Marketing, que conta actualmente com mais de 90.000 Subscritores, considerando todos os formatos de subscrição, sendo um dos maiores projectos deste género em Portugal.

# Cronista desde 2006 no Portal Inovação & Marketing, Revista Inovar-te, Portal AEP, Revista Brasileira de Administração, Revista Farmácia Distribuição, E-Go-Marketing, Revista Portugal Inovador (Jornal Público), RTP2, Marketing Farmacêutico e Revista SPOT.

# Fundador e Responsável de Marketing (Community Manager), desde 2013, do “Dish Mob Portugal“, movimento cívico que promove o espírito “Dish Mob”, sendo um movimento nacional importante na promoção do networking e de aceleração de ideias nas áreas da inovação e do empreendedorismo de base local, com cerca de 40 eventos realizados a nível nacional.

Licenciado em Gestão (Pré-Bolonha) (Univ. Minho – 2004), Pós-Graduação em Marketing (IPAM – 2006), Mestrado (Parte Curricular) em Gestão da Inovação, Tecnologia e Conhecimento (Univ. Aveiro – 2007) e Especialização em Empreendedorismo de Base Tecnológica (Univ. Aveiro – 2007)

Experiência nas seguintes temáticas: Gestão de Empresas, Inovação, Empreendedorismo, Marketing, Vendas, Comunicação de Marketing, Marketing Digital, Marketing em Social Media, Marketing Inovador, Internacionalização, Marketing Internacional, Negócios Internacionais, Recursos Humanos, Coaching Comercial, Coaching a Empreendedores e a Executivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.